Morte de brasileiro expõe riscos de motoboys em Londres

Morte de brasileiro expõe riscos de motoboys em Londres


Tenho visto a situação piorar muito em Londres,
com relação a roubos de moto a facas, a tentativas de assalto, tentativas de roubar
a nossa mercadoria, principalmente comida que nós carregamos muita comida. Roubam
comida também. Então está perigoso Londres está perigoso trabalhar em certas horas da noite Eu tive também uma moto roubada na porta da
minha casa, com duas câmeras viradas pra ela no Natal Fui passar um Natal, de 24 pra 25, na casa dos amigos Cheguei em casa dia 25. No dia 25 à
noite, roubaram minha moto, na porta da minha casa Não consegui recuperar.
A polícia não achou, só deu um código e nunca mais eu vi minha moto, que
eu demorei dois anos e meio para comprar Trabalhei como cleaner para poder pagá la e
infelizmente perdi no Natal Sempre um tem uma história para contar:
um roubaram a moto, outro o telefone, outro a comida Alguma coisa, uma roupa nossa que também é
muito cara, nossa roupa Então às vezes eles querem roubar nossa jaqueta. Normalmente são jovens de 10 a 18 anos Eu trabalho com medo.
Agora, a gente trabalha o tempo todo olhando no retrovisor, vendo se tem alguém
seguindo a gente E a violência está muito alta aqui. Está insuportável A minha moto eu coloco na frente do prédio. Ela vai um cadeado aqui. Isso daqui é mais difícil em dia de chuva Outro cadeado aqui. Eu tenho alarme sonoro.
Coloco aqui na roda da frente. Tem mais a trava do guidão e também tem um aplicativo do tracker. Ajuda a mente a ficar mais calma Mas segurança a gente não tem Ela estava estacionada em casa, quando
eu acordei para ver ela não estava Por conhecidos, eu tive que pagar um resgate
e eles devolveram minha moto no local, entendeu? Tem que ir atrás desse bandido, porque eles
não podem, sabe? Pegar simplesmente, chegar, derrubar a gente e roubar nossa moto, botar fogo e ficar por isso mesmo. A lei tem que funcionar Já fui vítima, minha irmã. Como muitos amigos meus aqui, já fui perseguida em Finsbury Park pela manhã Uma moto com
dois, que eles com certeza iriam me empurrar para me derrubar, pegar minha
moto Já cheguei em casa, tarde, eles pararam
atrás de mim, os dois. Eu tinha travado a minha moto.
Eles já não sabiam mais o que eles iriam fazer Então um desceu, trocou. Quando eles viram que eu coloquei o alarme, já saí correndo Aí eles ficaram sem jeito, pegaram a moto e vazaram Então é muito difícil. Ou eles usam para poder roubar nas ruas, nas lojas, como está agora, ou as pessoas na rua, com o telefone, ou eles vendem as peças ou eles queimam Eles estão queimando as motos. Isso é uma covardia,
porque a gente trabalha demais pra pagar, sabe? Pra pagar a moto O que a gente precisa: segurança, seguro mais baixo, proteção, lugar para estacionar e que o aplicativo da Uber seja igual
ao Deliveroo, a nível de mostrar para onde a gente vai É muito bom ver essa união, em prol não só pela nossa
segurança. Justiça pelo nosso amigo que perdeu a vida por quê? Por causa de uma moto, cara. Então isso que tem que mudar nesse país A princípio, foi um sentimento de revolta, falta de Justiça Mas a gente está tentando procurar uma oportunidade,
porque esse rapaz que morreu estava procurando educar essas crianças que
estão aqui sem educação Ele foi vítima de quem ele podia ajudar Uma pessoa super bacana, tranquilo, um bom pai, um bom amigo um ser humano diferente.
Infelizmente, mataram meu melhor amigo Lamentável,
lamentável

Author:

77 thoughts on “Morte de brasileiro expõe riscos de motoboys em Londres”

  • Jefferson de Oliveira Azevedo says:

    Quem é vive na cidade carioca já está safo em como se proteger de assaltos e furtos, e se for morar em Londres não vai ter problemas de adaptação.

  • Tenho uma amiga que mora em Portugal e roubaram a moto dela q estava estacionada em frenteo apartamento. Nunca recuperou.

  • Não gente. Isso é fake news. Nos países desenvolvidas não existe pobreza, violência e bandido. Isso só pode ser aqui no Brasil.

    Sério: a pessoa sai do Brasil pra ser roubada nas Europa é pra acabar😂

  • Yuri Nicolucci says:

    É bom mostrar esse vídeo para as muitas pessoas que tem síndrome de vira lata e acham que a Europa e os EUA são Utopias, além de criticar fortemente nosso Brasil

  • Ivan Contagem MG says:

    Sou motociclista no Brasil…

    Imagino que além da criminalidade normal, haja algum tipo de ódio relacionado aos hábitos do motoqueiros brasileiros no trânsito inglês…

  • A matéria não deu nenhuma possível explicação para os acontecimentos.
    Minha opinião, sim é só opinião mesmo,pois não sei da realidade deles lá. Mas me pareceu atos de xenofobia.

  • É óbvio q em outros lugares têm…

    Mas n se compara com o número proporcional e a truculência daqui do Brasil.

    Engraçado q os casos são apenas com migrantes.
    UK >>>>>>>>>>>> BR

  • Carlos Daniel says:

    Haha, esse vídeo aí é pra aqueles youtubers vira-latas que ficam fazendo vídeo humilhando o Brasil, falando da insegurança e que estão ganhando melhor a vida no paraíso europeu. Brasil tem sim seus problemas e são sérios. Mas ficar achando que esses grandes centros dos EUA e Europa são paraísos, é tolice! Ainda mais cidades como Londres e Paris que há tempos deixaram de ser referência em segurança e índices de violência. Em maior ou menor grau, cada um com seus problemas.

  • RAPHAEL EUSTÁQUIO DO CARMO says:

    Uai, não seria “Primeiro Mundo” ?Moro em Roma/It, aqui acontecem as mesmas coisas: os criminosos invadem negócios (cabeleireiros, restaurantes, por exemplo) para roubar, tem feito arrastões nas praias (houve um recentemente em Santa Severa, perto de Roma), e NÃO são imigrantes que os cometem, mas QUANDO solucionam são italianos mesmo. O negócio é que os países europeus não fazem propaganda contrária à si como nós brasileiros, que saímos dizendo que temos tráfico, prostituição, assassinatos, etc. Eles têm também, só não contam e achamos que é um paraíso na terra.

  • Observação: Qualquer país do mundo existe crime! A questão é a proporção.
    Cheio de gente chata com comentários do tipo “país de primeiro mundo não tem crime”, só da pra perceber que não tem noção alguma de proporcionalidade.

    Observação 2: pelas informações do vídeo, acho que existe uma forte tendência de que seja um crime contra imigrantes e não que tenha relação com o desejo de obtenção das motos.

  • Só aqui que o próprio cidadão denigre a imagem do Brasil. Senão fosse os brasileiros a denunciarem de Londres não íamos saber nunca, só aqui que espanamos o filho feio!!!!!!

  • LuisSEP ANCAP PELA ÉTICA says:

    Parabéns aos esquerdista de lá, proibiram completamente a pose e porte de arma de fogo aos cidadãos honestos. Resultado?? Aumento de crimes com armas brancas, um país que antes era extremamente pacífico. Quem tiver interesse e dúvida sobre desarmamento diminuir a violência, a Inglaterra é um ótimo exemplo.

  • Jonicles Vieira says:

    Depois do México e da Colômbia a nação com as piores facção é os estados unidos, a qualidade de vida nos Estados unidos é muito Boa! Mais a desigualdade lá é muito maior do que a desigualdade da china!

  • Harusame Yoku says:

    " Violência ta insuportável" vem morar em SP aonde os caras metem bala pra roubar celular, um estado governado por PCC.
    em LONDRES é roubado na mão, em SP é roubado com 38 na cara, e ainda diz que não tem segurança em londres

  • Rapaz" e está assim na Inglaterra? já não basta um montão de imigrantes ilegais ainda tem esse problema? mas me vem a cabeça uma pergunta… isso acontece somente com brasileiros? ou qualquer pessoa em qualquer moto? hummmm…

  • Maria Louette Piaggi da Silva says:

    Estou passada, tenho conhecidos em Londres, nunca comentarão, e a polícia o que está fazendo?

  • Claro que no Brasil é mais zoado, mas a coisa não tá tão boa pra lá tb não… E tem gente que imagina um paraíso.

  • Rosiane Gomes says:

    É lamentável que Londres chegou neste ponto. Era uma cidade tranquila e não se ouvia falar tanto de criminalidade. Hoje , somos surpreendidos nas ruas por roubo de celular nas calçadas,rouba as lojas, ataque de ácido e ataque de faca(facão) tudo feito por gangues de moto usando máscaras.

  • Felipe Marques says:

    Ótima matéria, bem completa e clara! Sou motoboy em Londres, fui amigo do falecido iderval, participei de todas as manifestações e hoje já tirei minhas conclusões que isso está longe de acabar, infelizmente, tá cada dia pior! Obrigado BBC pelo apoio 👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽

  • Cf89uK MotoVlog says:

    Infelizmente está desta forma, terrível, temos vários amigos aqui que tenta passar as informações deste tipo mas infelizmente não são jornalista para fazer uma matéria igual a essa é ainda quando tentam falar sobre a realidade as pessoas só criticam falando que não querem que elas consigam tbm ter a vida fora do país, não sei se vão intender mas é mais ou menos isso. Parabéns pela jornalista que esqueci o nome dela mas sei quem é e dês de já 10000000……. agradecimento por fazer essa matéria com nos motoboys 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻

  • Flavio Stankiewicz says:

    Talvez seja o resultado da desaceleração econômica da europa, que não está dando conta de competir com a ascensão dos países emergentes, especialmente os BRICS! Rsrs
    Já perceberam que nos ultimos 20 anos o eixo europa-eua-japão estão estagnados ou piorando em qualidade de vida enquanto o terceiro mundo emergente, especialmente a Ásia, está melhorando??
    Será coincidência?? Rsrs

  • Hércules Silva says:

    E eu achando que no Brasil era pior.Aqui no Rio o maior risco é caso você entregue algo em comunidade, mas a maioria das empresas não entregam em área de risco. E o roubo de moto aqui não é expressivo, eu trabalho há oito anos no Rio de Janeiro, conheço cada canto dessa cidade , e até hoje nunca vi alguém roubando moto perto de mim, e graças a Deus eu também não fui roubado nem mercadoria e nem a minha moto.

  • Isso me pareceram ações de xenofobia… Como a maioria dos motoboys são estrangeiros, há esse foco. Mas além disso ainda tem os assaltos na rua… Ralado

  • World Globetrotter says:

    Nós EUA algumas cidades são tão violentas que até os fast foods recorreram a vidros a prova de balas para se proteger.

  • Gt ϟ música grátis para youtube says:

    Parece que ai a Educação não funciona muito bem tbm…crianças cometendo assaltos lamentável!

  • Parabéns Londres! A política de desarmar até a polícia trouxe bastante segurança pra população, os bandidos apoiam essa iniciativa.

  • tudo verdade ,trabalho de moto em londres e realmente nao vi mentiras nessa reportagem… ja tive algumas experiências ruim.

  • Fernando Fidelis Vasconcelos says:

    "País de 1º mundo" ?!?!?!
    Tenho 58 anos, morei no Rio, São Paulo, Belo Horizonte, hoje moro há 10 anos no interior. Nunca fui roubado, nunca vi ninguém armado a não ser polícia, nunca meus filhos e minha esposa foram roubados ou testemunhamos um roubo. Nunca tive arma. Ando de moto diariamente, minha moto é cara, tenho seguro dela mas por causa do suporte mecânico e por queda. Falam mal de um Brasil que não conheço. Será que sou abençoado?

  • Mateus R. da Silva de Melo says:

    Pela mania de idealizar outros países é comum a "decepção" com esse tipo de acontecimento, especialmente, quando se passa por essa comprovação de que "as coisas não são bem assim", pessoalmente. Sequer imaginava esse cenário em Londres – apontado com IDH de 0.965 em 2017.

  • Larson Sander says:

    Esse é o tipo de coisa que os países de primeiro mundo não mostra, no EUA, Canadá e Europa por exemplo a miséria, segregação e racismo está por todo lado, Londres é um exemplo clássico, na tv mostra o glamour, mas na vida real usando este caso por exemplo, a injustiça e a falta de iniciativa de autoridade de pôr o fim de roubo de moto é o mesmo do Brasil, você pode até ganhar mais como motoboy em comparação com o Brasil mas a sensação de insegurança é o mesmo, não vale a pena, será eternamente burro de carga em país dos outros, e outra, vai ficar nisso pra sempre, rico com certeza não fica, apenas te dá uma sensação de consumir mais, e com certeza grande maioria de trabalhadores de sub empregos nesses paises são escravo do próprio desejo fúteis, tipo gasta em comida e roupa de marca, é um ciclo vicioso, trabalha só pra isso e mostrar no face, mas que no fundo são camelos de cargas e invisíveis a sociedade, e qdo chega no final de vida percebe que não ficou rico e inglês que é bom mesmo nada, os menos desmiolados voltam para Brasil pelo menos tem a casa quitada mas os restantes pagam aluguel e fica amargurado da vida e só reclama.

    Eu nunca sairia do Brasil pra me submeter a isso, e ainda mais pelo estrangeiro, pelo menos aqui é a minha terra e sei onde buscar solução, argumentar e me defender. Ganho pouco mas sou mais feliz, sou livre pois país perfeito não existe.

    Eu diria que 70% dos brasileiros que moram nesses países querem voltar ao Brasil mas como chutaram o pau da barraca achando que esses países são perfeito e depois de um tempo percebem que é uma fria e não consegue voltar mais ao Brasil pois, tem vergonha de admitir que erraram e acabam se fudendo nesses países pelo resto da vida.

    E para concluir, o problema do brasil são os próprios brasileiros que dão mais valor o que é de fora e só reclama qdo está aqui, se tivesse o mesmo espírito de trabalhar e ser honesto no estrangeiro e aplicar no Brasil este país seria diferente.

    E não adianta vir com mi mi mi nao, o que eu falo é verdade.

  • Fiquei la 6 meses depois de 8 anos na España. oque eu vi la nossa mano bagulho la e loko varias gang tem trocá de tiro roubo de moto assalto tráfico de drogas na rua a vista de todos milhares de drogado nas rua muita briga muito alcolatra Londres. so foi atrasso E AINDA TEM GENTE QUE FALA MAL DO BRASIL

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *